O desafio de trabalharmos com Grandes Montagens

Uma das reclamações mais comuns que escuto no atendimento ao suporte é: ‘Não consigo abrir minha montagem e em alguns casos não consigo trabalhar de maneira efetiva com minha montagem porque ela fica lenta e travando’. Talvez você mesmo já tenha passado por isso ou está passando nesse exato momento.

Vou te dar uma notícia triste então: 95% dos casos de problemas ao trabalhar com montagens são causados pelo usuário. As causas desses problemas vão desde as mais básicas, como técnicas de modelagem de peças que impactam negativamente no desempenho quando usadas em montagem, quanto a causas mais profundas, como gerenciamento dos arquivos. O conjunto desses problemas podem causar lentidão ou até mesmo impedir a abertura das montagens e ainda, impactar negativamente no desempenho computacional ao trabalharmos com grandes montagens.

Felizmente, existem ferramentas que nos ajudam a melhorar o desempenho ao trabalharmos com grandes montagens e contornar alguns erros cometidos durante a etapa de modelagem ou desenvolvimento da montagem. Vamos falar sobre algumas dessas técnicas em futuros posts.

Mas antes de falarmos sobre técnicas para grandes montagens, precisamos responder à pergunta: o que pode ser considerado uma grande montagem?

O conceito de grande montagem está diretamente relacionado às definições encontradas nas Opções do SOLIDWORKS. Na categoria ‘Montagens’ encontramos a seção ‘Abrindo Grandes Montagens’. Nesse ponto, determinamos a partir de qual número de componentes uma montagem no SOLIDWORKS é classificada como Grande Montagem ou não. E partir desse parâmetro especificado, o SOLIDWORKS pode automaticamente utilizar técnicas para abrir e otimizar o desempenho ao trabalharmos com grandes montagens. Porém, o usuário também pode, em qualquer momento usar essas mesmas técnicas.Sem título

Isso nos ajuda porque, embora o SOLIDWORKS classifique como grande montagem a montagem que exceda o número de componentes especificada dentro das opções do sistema, outros aspectos além do número de componentes, podem impactar negativamente no desempenho computacional, conforme falamos anteriormente. Então podemos escolher usar métodos que diminuam esse impacto.

Observem que falamos em escolher! Ou seja, isso depende do usuário. Por isso falamos que 95% dos casos de problemas ao trabalhar com grandes montagens são causados pelo usuário.

Os métodos que estão disponíveis nessas opções do SOLIDWORS são: Modo de Grande Montagem e Revisão de Grande Projeto. Cada método é ativado automaticamente com base no limite de componentes descrito.

Quais são as principais características desses métodos? Como saber o momento de usá-los? Acompanhem os próximos posts para uma explicação detalhada dessas técnicas e de mais outras que podem ser utilizadas.

Gerente técnico da Mechworks Tecnologia, envolvido em ajudar empresas a aprimorar a qualidade de seus produtos através da implantação das soluções DS SOLIDWORKS. Sempre aprendendo para sempre crescer!